segunda-feira, 24 de agosto de 2009

No te vayas de mi vida

E bastou um segundo em silêncio pra que tudo voltasse. Meus pensamentos sobre você e o que seria de nós dois. Sobre o que se passa dentro de você. Talvez eu até te entenda, em cada vírgula ou tom de voz. Mas você não tem ideia do quanto isso me dói, ou o quanto me custa te entender. É estranho ver que eu não sou o bastante, e que acabou. É estranho ver a chuva a janela e não ter aquela antiga sensação. É estranho pensar em você e entender que não é minha. E mais estranho que tudo isso é assumir pra mim mesmo que é verdade. E que esse é só mais um choro sem sentido ou uma insistencia em vão, que não vai trazer nada de volta. Nada vai fazer alguma coisa voltar. Só espero que você realmente saiba como é pra mim dizer isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário