terça-feira, 20 de outubro de 2009

Terça

Noites frias e escuras. Calafrios e choros constantes. Arrepios involuntários. Corpo imundo. Mente cheia. Coração, ah, coração cheio. Bagunça, alteração, desconforto, desinteresse, distância, desamor, desesperança, mentiras, promessas, ligações, desligações, marcas negras, caminhos desconhecidos, experimentos perigosos, vícios arriscados. Vida arriscada, vida mal escrita.

Um comentário:

  1. Não existe vida mal escrita, meu amigo. O que existe é vida não escrita. =]

    ResponderExcluir